Você está aqui: Home > Alimentação > Como calcular o IMC

Como calcular o IMC

IMC significa Índice de Massa Corpórea, criado para sabermos se estamos com o peso ideal em relação à altura.

A altura (calculada em metros) e o peso (calculado em quilogramas) de um indivíduo são os dois fatores levados em conta no cálculo do IMC. O resultado dessa relação classifica o indivíduo de acordo com a tabela abaixo, segundo a Organização Mundial da Saúde. Para calcularmos o índice, basta dividirmos o peso de uma pessoa pela sua altura ao quadrado:

IMC = Massa (kg)
Altura² (m)

Índices abaixo de 18.5 não são considerados saudáveis segundo a OMS, mas a pessoa pode muito magra e ser saudável. Indivíduos com IMCs entre 18.5 e 25 são considerados normais. Entre 25 e 30, o indivíduo é considerado acima do peso, apresentando maiores chances de apresentar complicações, como diabetes, hipertensão arterial e hipercolesterolemia. Pessoas com IMCs acima de 30 são consideradas obesas, por isso, em virtude do alto risco de complicações metabólicas, é extremamente recomendável procurar um médico.

Todos sabem da importância da manutenção do peso ideal, porém a classificação de uma pessoa como “peso saudável” vai além de uma relação entre o peso e a estatura, devido ao fato do IMC ser um índice genérico e não diferir massa magra, gordura corporal e massa óssea. É o que acontece com pessoas com uma grande massa muscular, que possuem um IMC elevado sem estarem acima do peso. Isso é um dos principais problemas do uso do IMC.

Conclui-se então que  a simples manutenção do peso corporal não é um sinal de saúde. E que o índice de massa corporal não deve ser a única ferramenta para se classificar uma pessoa como saudável, sendo fundamental a utilização de outras avaliações que possam levar a uma classificação mais precisa sobre a saúde do indivíduo.