Você está aqui: Home > Alimentação > Como evitar as cãibras

Como evitar as cãibras

Segundo João Daniel Rodrigues (Botucatu), professor de educação física, cãibras “são do que contrações musculares intensas de um só músculo isolado ou de um grupo. Normalmente acontecem após exercícios físicos extenuantes e sua duração em geral é de alguns segundos, sendo que os músculos mais freqüentemente afetados são o gastrocnêmio (batata da perna), os isquiotibiais (posteriores da coxa) e os abdominais”.

Eu particularmente sofro muito com cãibras na panturrila. Já tive nas duas ao mesmo tempo, acreditam?

O professor cita em seu artigo, 4 teorias que podem explicar a origem das cãibras: a metabólica, a da desidratação, a eletrolítica e a ambiental.

“Ametabólicasustenta-se na explicação de que as cãibras ocorrem quando um músculo se torna “intoxicado” por metabólicos (amônia e ácido láctico) provenientes da atividade contrátil.

A teoria dadesidrataçãosustenta-se na afirmação de que o suor liberado durante o exercício físico representa uma perda de água tão considerável que pode provocar desequilíbrio nos fluídos corporais e assim interferir no mecanismo contrátil dos músculos, provocando sua contração súbita.

A teoriaeletrolíticaafirma que juntamente com a água perdida com a transpiração excessiva, é liberada uma certa quantidade de eletrólitos (sódio e potássio) necessários ao organismo. A ausência desses eletrólitos leva a que o tecido muscular se ressinta da falta dos mesmos, reagindo com contrações involuntárias (cãibras).

A teoriaambientalsugere que as cãibras musculares são causadas por modificações extremas no ambiente externo ao organismo, principalmente modificações na temperatura. Acredita-se que temperaturas altamente elevadas ou extremamente baixas seriam as principais responsáveis pelo aparecimento destes distúrbios musculares”.

Rodrigues, diz que o melhor a fazer durante a cãimbra é alongar o músculo.

E o que fazer para evitar as cãibras?

Através das 4 teorias podemos ter uma idéia do que fazer.

Começando com uma boa hidratação, tomar 2 litros de água por dia, ao longo do dia.

Caso seus exercícios sejam longos, mas de 90 min diários e extenuantes, consumir isotônicos ou água de côco, e consumir a famosabanana também é correto, pois ela é rica em potássio, repondo a perda.

E lógico que não poderia faltar o alongamento antes e depois dos exercícios físicos, principalmente se você tem propensão a ter cãibras.

Responda

Seu email não será publicado

*