Você está aqui: Home > Alimentação > Gordura trans usada para fazer vela

Gordura trans usada para fazer vela

Impressionados? Pois é, para quem não lembra ou não sabe, a gordura trans está presente na gordura vegetal hidrogenada. E você sabe o que é e onde está esta gordura?

Pois é, foi visto no Globo Repórter, edição do dia 19/11/2010 que 100 anos atrás, as indústrias alimentícias pensando “nelas (lucro)” passaram a produzir alimentos com um novo tipo de gordura. Uma gordura que mudaria o sabor dos alimentos, o preço, o prazer dos consumidores, a vida de prateleira dos produtos nos mercados e quem pensanva em saúde?

E esta gordura é de origem vegetal…o que fazia todos pensarem que era boa. Pensavam que era melhor que a manteiga. Quando começou o surto da obesidade, vieram as pesquisas revelando que o consumo de gorduras trans gera ganho de peso ao longo dos anos e acúmulo de gordura nas artérias.

Por que que não fazem pesquisas antes de haver o consumo do produto em massa? Como nos fármacos?

E o mais impressionante nessa reportagem: que a gordura trans era usada para fazer vela! Você já se imaginou comendo um pedacinho de vela?

Sabe aquele biscoito recheado que você adora, aquela margarina, aquele chocolate, veja se está escrito na lista de ingredientes gordura vegetal hidrogenada ou se na tabela nutricional possui uma quantidade de gorduras trans. E depois pense na vela…

A Organização Mundial da Saúde aconselha o consumo máximo de dois gramas por dia desse tipo de gordura.

“A gordura trans provavelmente teve uma contribuição importante na epidemia de obesidade. Vimos nos nossos estudos que as pessoas que comem mais gordura trans ganham mais peso ao longo do tempo”, diz Walter Willet, o nutrólogo da Escola de Saúde Pública de Harvard.

Na minha opnião, não precisamos abandonar nossos hábitos alimentares (no caso, hábitos culturais, como de vez em quando torresmos, costela de boi, doces etc.), mas devemos pressionar as indústrias de alimentos para que desenvolvam ingredientes a serem usados na preparação de produtos (biscoitos, sorvetes, chocolates, massas) que sejam saudáveis! Que não causem danos a saúde humana e destes, principalmente a saúde infantil! Não queremos ver as crianças de hoje sendo os obesos, sedentários, hipertensos etc. de amanhã e muito menos os saudáveis infelizes com a alimentação!

Queremos e podemos comer de tudo, sempre com moderação! Mas melhor ainda se as indústrias zelassem pela saúde dos seus clientes/consumidores!

Obrigada!

Um comentário

  1. Muito bom Veri! sou muito resistente às margarinas e adoçantes…

Responda

Seu email não será publicado

*