Você está aqui: Home > Legislação de Alimentos > OVOMALTINE, você sabe o que é?

OVOMALTINE, você sabe o que é?

Assim como descrevi sobre o Biscoito Salgado Integral “famoso”, a Revista Super Interessante de n° 283 de outubro 2010, descreve sobre o OVOMALTINE!

Adorado por todos nos milk shakes e sorvetes, não é mesmo? Segue a reportagem escrita por Alexandre Versignassi e Carlos Bighetti:

Na Escócia, o malte é matéria-prima de uísque. Os suíços preferiram misturá-lo com ovo e leite. Deu no ovomaltine!

O UÍSQUE – EXTRATO DE MALTE

Malte é cevada morta na infância. Os produtores deixam os grãos germinar e interrompem o processo no meio. Mau para a cevada, que não se reproduz, mas bom para a gente: os grãos ficam com um sabor especial nessa fase. Um sabor que inspirou os escoceses a ver o que dava transformar malte em álcool. Deu certo. A diferença é que a versão deles fica melhor com gelo que com leite.

À CARBONARA – OVO

Taí o ovo do Ovomaltine. Eles borrifam uma pasta de claras e gemas com ar quente até ela virar um pó, que serve como uma fonte de vitaminas B e de proteína. Ovo em pó, por sinal, é tão nutritivo quanto o não-em-pó. Como ele também é um bilhão de vezes mais fácil transportar, virou uma das rações básicas das tropas na 2ª Guerra Mundial.

O ÓLEO DE SOJA – LECITINA

Deixa o pó mais encorpado e, de quebra, faz com que ele se dissolva mais fácil no leite. Aqui ela vem de vapor de óleo de soja. Mas nosso fígado também produz lecitina. A do corpo ajuda a conservar pele, cabelo e unhas. Sem a lecitina, as paredes das células ficariam duras – e as células morreriam mais rápido.

O SAL – CLORETO E CARBONATO DE SÓDIO

Ele é doce, mas tem um coração salgado. O Ovomaltine leva sal na fórmula. É para deixar a parte doce menos enjoativa. O carbonato de sódio, um dos sais aqui, é usado para produzir embalagens de vidro e diminuir acidez em água de piscina.

O TURBO – GLICOSE

Se açúcar de açucareiro fosse um carro, glicose seria um dragster. O corpo assimila essa fonte de energia mais rápido. Bate na hora. Tanto que a glicose entra em doses cavalares naqueles shakes feitos para tomar antes e depois de pegar pesado na academia. O açúcar de cozinha, por sinal, é uma versão suavizada da glicose. O nome dele é sacarose: uma mistura de moléculas de glicose e de frutose, o açúcar dos vegetais.

Interessante, né?

Até mais…

Responda

Seu email não será publicado

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>