Você está aqui: Home > Alimentação > Panetone

Panetone

O Panetone é um dos maiores símbolos do Natal. É de origem italiana, com frutas secas e um leve sabor de baunilha. Panetone é submetido a um processo de fermentação natural (não se engane com panetones com fermento químico), fator responsável por deixá-lo com uma consistência bastante macia. Existem algumas variações da receita original do Panetone, como o Chocotone, o Sorvetone e a Colomba Pascal.

A história mais famosa sobre a origem do panetone é uma história de amor. Tudo começou, no século 15, quando um jovem milanês membro da família Atellini, se apaixonou pela filha do padeiro, chamado Toni, que por sua vez não aprovava o namoro. O rapaz disfarçou-se de ajudante de padeiro e passados alguns dias de trabalho inventou um maravilhoso pão naturalmente fermentado e com frutas, de extrema delicadeza e de sabor especial.  O jovem presenteou o futuro sogro com o pão.

O sucesso do pão foi imediato e a nova iguaria passou a ser conhecida como o pão da padaria do Toni, depois pão do Toni e com o tempo, simplesmente, Panetone.

Existem outras duas versões sobre a história do panetone. Uma delas diz que ele foi inventado pelo mestre-cuca Gian Galeazzo Visconti, primeiro duque de Milão, que preparou a iguaria para uma festa em 1395.

E outra que conta que um certo Ughetto resolveu se empregar em uma padaria para poder ficar pertinho da sua amada Adalgisa, filha do dono. Ali ele teria inventado o panetone, entre 1300 e 1400. Feliz com a novidade, o padeiro permitiu que Ughetto se casasse com Adalgisa.

No Cyber Cook encontrei a receita de panetone com fermento natural. Então quem é adepto a arte da gastronomia, poderá experimentar!

Quando for comprar panetone, não deixe de ler os rótulos. Fique de olho nas gorduras utilizadas (se possui gordura trans na porção indicada na tabela) e o tipo de fermentação utilizada!

Vá ao mercado e se delicie com as opções para você e como presente de Natal. Consuma na medida, ok?

Responda

Seu email não será publicado

*