Você está aqui: Home > Alimentação > Será o “Fim” da Obesidade sem Cirurgia?!

Será o “Fim” da Obesidade sem Cirurgia?!

A novidade está agradando muito, mas ainda está em teste. Surgiu nos Estados Unidos, sendo testada só em animais. É um novo procedimento, o qual ajuda pacientes obesos a perderem peso e a esquecer da cirurgia do estômago.

Não passa de uma técnica endoscópica, feito com anestesia geral e dura de 15 a 20 minutos. É inserido via oral uma espécie de revestimento de 62 centímetros no início do intestino delgado da pessoa. Assim, não haverá absorção de nutrientes nessa região e o alimento vai direto do estômago para o final do intestino. O material é um plástico maleável, e pode ficar até um ano no intestino. Esse revestimento ajuda em até 30% na perda de peso.

Com esse procedimento, o paciente deve tomar suplementos vitamínicos para compensar os nutrientes que deixam de ser absorvidos, mas passa a ter orientações sobre reeducação alimentar e mudança de hábitos de vida para evitar o ganho novamente do peso.

Eduardo Guimarães Hourneaux de Moura, um dos líderes do trabalho, diretor do serviço de endoscopia gastrointestinal do Hospital das Clínicas e professor de gastroenterologia da Faculdade de Medicina da USP, afirma que em 2 anos a técnica deve estar disponível.

Há mais de um ano, esta novidade está sendo testada no Brasil no HC de São Paulo, com 78 pacientes obesos mórbidos, portadores de diabetes e doenças associadas. Até então, os resultados vêm sendo um sucesso, pois desses pacientes houveram uma redução em média de 30% do peso, sendo que 10% de perda já é significativa para os médicos. E 90% dos pacientes conseguiram manter o diabetes sob controle.

O grupo brasileiro é um dos três únicos do mundo a fazer pesquisas em pessoas.

Técnica muito inteligente e próspera, mas vocês podem ver que Reeducação Alimentar ainda é a parte eficiente do Sucesso! Ou seja, você não poderá passar a vida inteira com seu intestino revestido, o negócio é aprender a comer! Isso sim é o “FIM” da obesidade! =D

Até!

Responda

Seu email não será publicado

*