Você está aqui: Home > Alimentação > O que comer antes e depois do exercício físico – Passo 7

O que comer antes e depois do exercício físico – Passo 7

Podemos até nos alimentar bem e saudavelmente. Mas é muito importante saber o que consumir antes e depois dos exercícios físicos, já que você está em busca de uma vida saudável (leu todos os passos até agora =D) e optou pelo exercício físico.

Se você praticará uma atividade física antes do café, almoço ou jantar, faça um lanche com carboidratos (pão, biscoito ou bolo simples, barra de cereais e frutas) e dispense as proteínas (leite, queijo, iogurtes) e as gorduras em geral. Isso por quê? Para evitar o jejum durante o exercício (no caso do café da manhã). Não acredite que ficar sem comer antes do exercício, fará com que você queime mais calorias, pois durante o jejum, a gordura é disponibilizada para a queima e fornecimento de energia por um período limitado. Depois, dependendo da modalidade, intensidade e tempo do exercício, o organismo começa a queimar músculo (massa magra) para fornecer a energia para o exercício. Quanto a restrição às proteínas e gorduras, é pelo fato de que a digestão é mais lenta, o que reduz a quantidade de energia disponível para a realização do exercício.

E após exercício, é necessário se hidratar (sim, beber água ou isotônicos quando indicados – outro post para o futuro!) e se alimentar. Caso não possa fazer uma boa refeição após o treino, opte por uma barra de proteína e um sache de mel com sucos e iogurtes. Eles funcionam como um tampão da fome, assim, você poderá aguardar a refeição (almoço, por exemplo) mais tranqüilo.

O ideal no pós é combinar carboidratos e proteínas, importantes para recompor os músculos. No caso de longa duração do exercício, haverá uma redução da quantidade de reservas de glicogênio (fornece melhor energia para os músculos) no corpo. Isto provoca fadiga. Então, para a recuperação muscular, é necessário ingerir carboidratos logo após o exercício físico, pois os músculos se encontram mais receptivos à absorção de glicose. Estudos indicam que os músculos restauram suas reservas de glicogênio em uma taxa mais rápida durante a primeira e segunda hora depois de um esforço exaustivo (exercício). E a proteína serve para a recuperação de microlesões ocorridas nos músculos através dos exercícios e síntese muscular (hipertrofia).

O jejum pós treino faz com que a massa magra seja usada para a reposição dos estoques. Quanto melhor for a sua alimentação pós-exercício, melhor será a recuperação do organismo, a hipertrofia ou emagrecimento. Dê preferência a alimentos com carboidratos de alto índice glicêmico: uvas passas, banana, melancia, abacaxi, purê de batata, pão branco de trigo, macarrão, arroz. E de proteínas: carnes de aves e peixes e queijos brancos, soja, quinua etc. A proporção entre carboidratos e proteíans indicada é de duas a três porções de carboidrato para uma de proteína.

Para uma vida saudável, tem que buscar hábitos saudáveis. E a alimentação saudável é a chave. Não digo para você privar-se de tudo que gosta e sabe que é desnecessário! Apenas escolha certo para o melhor momento. A vida também tem que ser prazerosa!

É isso aí!

Veja Beber água – Passo 8

2 comentários

  1. Cristina Verzellesi Marques

    Olá, tenho 32 anos e não consigo emagrecer, faço dietas e não resolve, comecei a caminhar pela manhã, e fechei a boca, e com as dicas de vocês vou começar a me alimentar melhor, vou trocar os maus pelos bons alimentos, espero que resolva, ficarei muito agradecida se me maandarem dicas para me ajudar na balança, des de já agradeço.

  2. Olá Cristina,
    Você veio ao lugar certo, e pelo que vi você está lendo o passo 7 dos 10 que eu escrevi para quem quer ter uma Vida Saudável. Para você se conscientizar e não pisar na bola, o importante é você ler o passo 1. Depois leia todos os outros e ainda tenho vários posts com dicas bacanas.
    Muita saúde e disposição para você, vamos lá!
    Até mais!

Responda

Seu email não será publicado

*